5 Melhores processadores de celular da atualidade

Atualmente, os celulares são parte integrante de nossas vidas. Eles são usados para diversas funções, desde trabalho até entretenimento, e o processador é uma parte fundamental do desempenho desses dispositivos. Com o aumento do uso de jogos e aplicativos exigentes em termos de desempenho, a necessidade de um processador potente tornou-se mais evidente. Por isso, selecionamos os 5 melhores processadores de celular da atualidade.

O ranking foi baseado em testes de desempenho, eficiência energética, capacidade de processamento de dados e capacidade de gráficos. Os processadores selecionados estão presentes em modelos de smartphones topo de linha de grandes marcas como Apple, Samsung, Qualcomm e MediaTek.

Alguns processadores de celular são projetados especificamente para jogos e aplicativos pesados, enquanto outros são uma combinação de desempenho e eficiência energética.

Snapdragon 8 Gen 2

O Snapdragon 8 Gen 2 é um processador de celular de última geração desenvolvido pela Qualcomm. É um dos mais poderosos processadores disponíveis no mercado atualmente e oferece um desempenho excepcional para celulares.

O Snapdragon 8 Gen 2 é baseado na arquitetura ARM e utiliza o processo de fabricação de 4 nanômetros, o que significa que ele é muito eficiente em termos de consumo de energia. Ele é equipado com uma CPU de oito núcleos, sendo um núcleo principal de alta potência e três núcleos de desempenho médio, além de quatro núcleos de baixa potência para tarefas menos exigentes. Isso significa que ele pode lidar com tarefas intensivas, como jogos e edição de vídeo, com facilidade, enquanto ainda mantém uma boa duração de bateria.

O Snapdragon 8 Gen 2 também possui uma GPU Adreno 730 que oferece um desempenho excepcional para jogos e outras aplicações gráficas. Ele também suporta conectividade 5G, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.2 e outras tecnologias avançadas.

Esse chipset é utilizado em toda a série Galaxy S23 na versão exclusiva Snapdragon 8 Gen 2 For Galaxy. Além disso, ele também é o processador do OnePlus 11, Xiaomi 13 e Moto Edge 40 Pro.

Dimensity 9200

Nessa terceira opção, apresentamos um chipset que pode não ser tão equilibrado e abrangente quanto os outros dois mencionados anteriormente, mas oferece grande efetividade em alta performance. O Dimensity 9200, da MediaTek, não está presente em muitos smartphones populares, tornando-se uma opção mais específica, embora também seja um topo de linha, especialmente para quem busca um dispositivo móvel voltado para jogos.

O processador possui um total de 8 núcleos, com 1 de 3,05 GHz, 3 de 2,85 GHz e 4 de 1,8 GHz, fabricado com 4 nanômetros e capaz de equilibrar o alto desempenho com a eficiência energética. O Dimensity 9200 é capaz de rodar jogos como PUBG Mobile e Call of Duty Mobile a 120 quadros por segundo e jogos mais pesados, como Genshin Impact e Fortnite, a 60 fps.

Embora seja parte da configuração de alguns smartphones ainda indisponíveis no mercado nacional, como o Redmi K60 Ultra, Oppo Find X6, Vivo X90 e X90 Pro, é possível adquiri-los através de importação. Em resumo, o Dimensity 9200 é uma excelente opção para quem busca alto desempenho em jogos e está disposto a importar um smartphone com essa tecnologia de última geração.

Apple A16 Bionic

O Apple A16 Bionic é um chipset hexa-core anunciado em 7 de setembro de 2022 e fabricado com tecnologia de processo de 4 nm. Possui 2 núcleos Avalanche a 3200MHz e 4 núcleos Blizzard a 1800MHz.

O A16 Bionic alimenta os modelos iPhone 14 Pro de 6,1 polegadas e o iPhone 14 Pro Max de 6,7 polegadas.

Embora tenha havido especulações de que o A16 seria construído no mesmo processo de 5 nm que o A15 nos modelos do iPhone 13, agora sabemos que ele será construído em uma arquitetura de 4 nm. Se você está pensando em adquirir um iPhone 14 Pro ou 14 Pro Max, isso é uma ótima notícia em termos de desempenho, pois o design menor permitirá mais transistores (16 bilhões no total), tornando o A16 mais rápido e eficiente que seu antecessor.

O novo processador mantém muitos aspectos do design básico do modelo anterior, com uma CPU hexa-core com dois núcleos de desempenho e quatro núcleos de eficiência. No entanto, o A16 Bionic é até 40% mais rápido que concorrentes como o Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1, consumindo 20% menos energia que seu antecessor.

O A16 também possui uma GPU de cinco núcleos e uma largura de banda entre a GPU e a CPU aumentada em 50%, permitindo melhor comunicação entre as duas CPUs. Isso aumenta o desempenho em aplicativos e jogos com uso intenso de gráficos, especialmente nas altas taxas de atualização de 120Hz do Pro e Pro Max.

O A16 tem um Neural Engine de 16 núcleos, assim como seu antecessor, capaz de lidar com cerca de 17 trilhões de operações por segundo e 4 trilhões de operações por imagem, aumentando os recursos de aprendizado de máquina e inteligência artificial do Apple A16 Bionic. Junto com o processador de imagem atualizado, aproveitará principalmente a otimização automática de imagem do sensor de 48 MP introduzido no iPhone 14 Pro pela Apple.

Snapdragon 8+ Gen 1

O Snapdragon 8+ Gen 1 é um chipset de alto desempenho fabricado pela Qualcomm, lançado em dezembro de 2021. Ele é construído com tecnologia de processo de 4nm e possui uma CPU octa-core que consiste em um núcleo de desempenho Arm Cortex-X2 de 3,19 GHz, três núcleos Arm Cortex-A710 de 2,5 GHz e quatro núcleos Arm Cortex-A510 de 1,8 GHz.

Além disso, o Snapdragon 8+ Gen 1 apresenta a GPU Adreno 730, que oferece um desempenho gráfico até 30% melhor do que a geração anterior, bem como um motor de inteligência artificial integrado com mais de 20 TOPS de desempenho.

O chipset também suporta conectividade 5G com suporte para mmWave e sub-6 GHz, bem como recursos avançados de fotografia e vídeo com suporte para câmeras de até 200 megapixels e gravação de vídeo 8K a 30 fps.

O Snapdragon 8+ Gen 1 alimenta dispositivos de alta tecnologia como o Xiaomi Mi 12, o Samsung Galaxy S22 e o OnePlus 10, oferecendo um desempenho excepcional em todas as áreas.

Dimensity 9000+

Assim como o Dimensity 9200, o 9000+ da MediaTek é uma excelente opção para quem busca alto desempenho em jogos, além de oferecer boas tecnologias de otimização para outras funções do smartphone. Em relação ao Dimensity 9000 básico, o 9000+ apresenta algumas melhorias, como maior eficiência energética e aumento de 5% na CPU e 10% na GPU.

Com uma boa eficiência em câmeras, o Dimensity 9000+ suporta lentes de 300 MP, além de oferecer zoom de 2x e gravação de vídeos em 4K com HDR. Já para jogos, a tecnologia HyperEngine 5.0 da MediaTek ajuda o aparelho a reduzir a qualidade de alguns aspectos para melhorar a performance e a qualidade de resposta. O chipset possui 8 núcleos, sendo 4 de 1,8 GHz, 3 de 2,85 GHz e 1 de 3,2 GHz. Ele é utilizado em smartphones gamers, como o ASUS ROG Phone.

Mesmo o Dimensity 9000 básico ainda pode ser considerado um dos melhores processadores para celular, já que possui características bem similares à versão plus, sendo também um chipset top de linha. O 9000 é responsável pelo processamento do Xiaomi 12 Pro.

Melhores processadores de celular — Conclusão

Os processadores de celular desta lista acima são os mais poderosos do mercado atualmente, permitindo que os usuários executem tarefas exigentes e joguem jogos de alta qualidade sem problemas de desempenho.

Além disso, esses processadores são compatíveis com tecnologias emergentes, como 5G e inteligência artificial, tornando-os uma opção viável para os próximos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *